Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Comentador de Bancada

Comentador de Bancada

O visionário nos ombros de gigantes

No princípio os ingleses criaram o futebol.

O futebol, no entanto, era sem forma e vazio.

Disseram os escoceses: «Haja o passe!»

E viu o mundo que o passe era bom e correu a adoptá-lo.

(...)

E a 25 de Abril de 1947 nasceu o profeta Johan Cruiff e o passe foi elevado à categoria de evangelho.

 

 Este poderia ser o início de uma Bíblia do futebol. Claro que nada é assim tão simples e é também verdade que o passe como ferramenta essencial no futebol nasceu ainda no longínquo ano de 1872 quando os escoceses o inventaram ao verem que de nada valia o jogo baseado na corrida e drible contra adversários ingleses em média 6 kg mais pesados por jogador.

 

Se perguntarmos aos holandeses e culés, também acabaremos com a resposta que Johan Cruijff e Rinus Michels inventaram um futebol baseado no passe no final da década de 60 e levaram essa invenção ao mundo em 1974. Depois disso, o profeta exilou-se na Catalunha e o passe tornou-se religião com o messia Guardiola e o Papa Xavi.

 

Não podemos de maneira nenhuma ignorar que o jogo baseado na trindade passe-pressão-espaço chegou à sua expressão máxima com Guardiola em Barcelona, conduzido por Xavi e maximizado por Messi. Aquilo que não podemos é atribuir o mérito a todos esses aspectos a Cruijff. Para compreender no entanto como o génio de Cruijff moldou o futebol moderno, é necessário compreender que vários destes conceitos existiam já - e há muito tempo.

 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D