Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Comentador de Bancada

Comentador de Bancada

Meninos d'Ouro

Agora que Renato Sanches venceu o prémio de "Golden Boy" atribuído ao mais promissor jogador jovem a jogar na Europa, convém manter os pés na terra em relação ao assunto. Nem isto significa que é já uma estrela nem que vai ser um dos melhores do mundo. Significa tão só que é um dos jogadores num estágio de desnvolvimento mais avançado e que beneficiou da exposição que o título europeu lhe deu. Tivesse Portugal perdido o jogo com a Hungria (e esteve perto), o título poderia ter acabado nas mãos de Coman.

 

Quando falo no estágio de desnvolvimento, convém pensar em termos de potencial. Um jogador pode ter um potencial de chegar a qualquer ponto da escala 0 a 100 (com 100 sendo talvez Messi com o corpo de Ronaldo), mas nunca lá chegar (depende de se conseguir desenvolver, não ter lesões graves, etc). Da mesma forma, o estágio de desenvolvimento dos jogadores não só varia com a idade mas varia entre jogadores da mesma idade. Messi e Ronaldo são outra vez bons exemplos. Os seus potenciais seriam semelhantes e os valores reais que atingiram também. Mas é indubitável que Messi aos 20 anos estava mais avançado no seu desenvolvimento que Ronaldo.

 

Assim sendo, Renato Sanches pode ter vencido este troféu porque está hoje num estágio de desenvolvimento superior. Ninguém garante que Dembelé não será um jogador consideravelmente melhor dentro de 5-10 anos. Também convém recordar que ter vencido o Campeonato da Europa ajudou, uma vez que Sanches não seria melhor nem pior sem o troféu mas provavelmente as suas hipóteses de vencer o prémio seriam piores.

 

A lista dos anteriores vencedores também oferece uma perspectiva (ver abaixo). Se há nomes de jogadores que estão hoje indubitavelmente entre os melhores do mundo (Messi, Aguero, Pogba) também há outros que não chegaram ao nível mais elevado por uma razão ou outra (van der Vaart, Anderson, Pato), que dão o sabor de não terem chegado ao valor previsto (Rooney, Fabregas) e alguns outros sobre cujas carreiras ainda paira um ponto de interrogação (Goetze, Balotelli). Veremos onde chegará Sanches.

 

Anteriores vencedores:

2003 - Rafael van der Vaart (Ajax)

2004 - Wayne Rooney (Man Utd)

2005 - Lionel Messi (Barcelona) 

2006 - Cesc Fabregas (Arsenal)

2007 - Sergio Aguero (Atletico Madrid) 

2008 - Anderson (Man Utd)

2000 - Alexandre Pato (AC Milan)

2010 - Mario Balotelli (Man City)

2011 - Mario Gotze (Borussia Dortmund)

2012 - Isco (Malaga)

2013 - Paul Pogba (Juventus)

2014 - Raheem Sterling (Liverpool)

2015 -  Anthony Martial (Man Utd)

 

Uma última note: os adeptos do Benfica exultarão com esta vitória. Têm razões para celebrar o sucesso imediato de um talento saído da sua Academia. Isso não deve no entanto deixar que se deixem levar. Lembremos o pathos grego.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D